Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin
Banner-DFlash

Últimas notícias

latest

Armazém dos móveis

Banner-armaz-m-dos-m-veis

GDF inicia construção de escola técnica no Paranoá

A unidade vai atender a 1,2 mil alunos terão um espaço com doze salas de aula, laboratório, auditório, biblioteca, quadra poliesportiva cobe...

A unidade vai atender a 1,2 mil alunos terão um espaço com doze salas de aula, laboratório, auditório, biblioteca, quadra poliesportiva coberta, entre outros; investimentos são da ordem de R$ 12,3 milhões


O Governo do Distrito Federal (GDF) informou, através de sua assessoria de comunicação, que as obras da Escola Técnica do Paranoá já começaram. Segundo o governo, a previsão é de que a unidade, que terá capacidade para 1,2 mil alunos, fique pronta em 16 meses.

Esta será a 14ª Escola Técnica no DF, sendo que, recentemente, o governo também inaugurou uma em Brazlândia. O intuito do GDF com essas ações, segundo o secretário de Educação, Leandro Cruz, é qualificar a mão de obra nas regiões administrativas.

“O que é muito importante para melhorar o futuro dos nossos jovens. É dessa forma que trabalhamos, com o objetivo de não deixar nenhum estudante para trás”, diz o secretário.

A Escola Técnica do Paranoá está sendo construída na quadra 01, conjunto A, área especial 1. Ela abrange um espaço de mais 5.557,39 metros quadrados e está orçada em R$ 12,3 milhões, sendo recursos da Secretaria de Educação e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A unidade terá com doze salas de aula, laboratório, auditório, biblioteca, quadra poliesportiva coberta, entre outros.

“Estamos empenhados no futuro dos jovens, não só na educação básica, mas que eles estejam nas escolas regulares, pensando que os cursos técnicos podem ser a continuidade do estudo ou até mesmo a alavanca para o início da carreira profissional”, explica o secretário Executivo da Secretaria de Educação do DF, Fábio Sousa.

A escola contará ainda com depósito de materiais, secretaria, recepção, sala dos professores e de coordenação, diretoria, refeitório e vestiários.

Já os cursos que serão oferecidos, ainda não foram anunciados, e serão escolhidos juntos com a sociedade por meio de audiências públicas.

Por Francisco Gelielcon
#EstruturalOnLine

Nenhum comentário