Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Polícia Civil prendeu militares do exército em 8 cidades por vender registros de armas de fogo

O grupo concedia o registro para quem não preenchia os pré-requisitos, facilitando a posse, porte e comercialização clandestina de armas no ...

O grupo concedia o registro para quem não preenchia os pré-requisitos, facilitando a posse, porte e comercialização clandestina de armas no DF e em Goiás para criminosos

Por Toni Duarte
Radar DF

A Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos (DRF), da Coordenação de Repressão aos Crimes Patrimoniais da PCDF, cumpriram 26 mandados de busca e apreensão para desarticular uma quadrilha formada por militares do Exército suspeitos de fraudar documentos de posse e porte de arma de fogo.

Os militares integrantes da quadrilha foram presos em Samambaia, Ceilândia, Riacho Fundo, Planaltina, Cidade Estrutural, Núcleo Bandeirante, Gama e Luziânia (GO).

A operação foi deflagrada nesta manhã de terça-feira (26).

Os  suspeitos fraudavam documentos de posse e porte de arma de fogo – chamado de Certificado de Registro de Arma de Fogo a Caçadores (CACs).

Além dos militares presos fazia parta da quadrilha dois servidores aposentados e um civil.

Os militares envolvidos no caso eram da ativa e faziam parte do Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados de algumas Organizações Militares.

De acordo com as investigações a quadrilha fornecia certificados fraudulentos no DF, Goiás e para o Tocantins.

A Polícia Civil informou que o  Exército, contribuiu com as investigações conduzidas pela Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos (DRF), da Coordenação de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Corpatri).

Fonte: RADAR DF

Nenhum comentário