HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin
GIF-300-MEGA

Últimas notícias

latest

PF deflagra Operação Fronteira contra o tráfico internacional de armas

A investigação é resultado de um trabalho integrado e de cooperação internacional das instituições brasileiras e paraguaias Nesta terça-feir...

A investigação é resultado de um trabalho integrado e de cooperação internacional das instituições brasileiras e paraguaias


Nesta terça-feira, 1/12, em continuidade a ação iniciada na última quinta-feira, 26/11, a Polícia Federal, em conjunto com o MPF e a Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (SENAD/PY), deflagrou a Operação Fronteira, com o objetivo de prender traficantes internacionais de armas e drogas, entre eles, um paraguaio, considerado um dos grandes responsáveis pelo envio dos ilícitos para o Brasil.

A investigação é resultado de um trabalho integrado e de cooperação internacional das instituições brasileiras e paraguaias que, além dos órgãos já mencionados, contou com a participação do Núcleo de Cooperação Policial Internacional (Interpol/RJ) e da Adidância da PF em Assunção, no Paraguai.

As investigações tiveram início, em julho de 2019, após a prisão em flagrante de um homem na altura do Km 227 da Rodovia Presidente Dutra, município de Piraí, no Sul Fluminense, no momento em que transportava, de forma oculta, na lataria de seu veículo, peças de um fuzil desmontado, dois carregadores e uma mira óptica. Na ocasião, o condutor, que é motorista de aplicativos e morador de Foz do Iguaçu/PR, estava acompanhado da esposa e de 2 filhos, sendo inclusive um bebê.

Os investigadores apuraram que o motorista foi contratado por traficantes para realizar o transporte do armamento adquirido no Paraguai até o município de Macaé/RJ, onde seria levado para a comunidade local da Nova Holanda, região dominada por facção criminosa detentora de forte aparato bélico.

Apurou-se, ainda, que o fornecedor do armamento, contratado pelos traficantes do Rio de Janeiro, era um cidadão paraguaio, conhecido como um dos grandes traficantes internacionais de armas, com forte vinculação com os representantes do comércio de armas local. O investigado, que atualmente exerce o cargo de Fiscal da MUNICIPALIDAD DE CIUDAD DEL ESTE, reside em local estratégico na beira do Rio Paraná, de onde grande parte das mercadorias contrabandeadas ingressam em território brasileiro.

Foram cumpridos três mandados de prisão preventiva e quatro mandados de busca e apreensão, expedidos pela 2ª Vara Federal Criminal de Volta Redonda/RJ, em desfavor dos investigados em Ciudad Del Leste, no Paraguai, e em Macaé/RJ. Os mandados judiciais foram homologados pela Justiça Paraguaia, após Difusão Vermelha, que é a ordem de captura internacional no sistema da Interpol mundial - red notice.

A ação contou com a participação de aproximadamente 40 policiais federais, apoiados pelo Setor de Inteligência da Polícia Militar de Macaé, no Rio de Janeiro, e pela SENAD, no Paraguai.

ASCOM da Polícia Federal no Rio de Janeiro

Nenhum comentário