HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin
Banner-DFlash

Últimas notícias

latest
Banner-armaz-m-dos-m-veis

Roubos em comércios do centro de Taguatinga diminuem 68,42%

Com mais efetivo e viaturas nas ruas, além da interação com comerciantes, furto em veículos, roubo de carros e a pedestres também caíram O f...

Com mais efetivo e viaturas nas ruas, além da interação com comerciantes, furto em veículos, roubo de carros e a pedestres também caíram

O furto em veículo também caiu: 60%, assim como roubo de carros (43,47%) e a pedestres (42,3%) | Foto: Acácio Pinheiro / Agência Brasília

Terceira maior cidade do Distrito Federal – com mais de 220 mil habitantes – Taguatinga recebeu reforço na segurança do centro da cidade. Mais efetivo da polícia, motocicletas, uma viatura fixa e interação com comerciantes foram fundamentais para que o roubo em comércios diminuísse 68,42% no mês passado, em comparação ao mesmo período de 2019.

O furto em veículo também caiu: 60%, assim como roubo de carros (43,47%) e a pedestres (42,3%). O comandante do 2° Batalhão da Polícia Militar do DF (PMDF), o tenente-coronel Marcelo Casimiro, explica que no centro da região há um problema social grave com usuários de droga. “Isso acaba levando algumas dessas pessoas em situação de rua a cometerem furtos de alimentos ou até mesmo para comprarem drogas”, comenta.

De acordo com Casimiro, além das medidas da corporação para aumentar a segurança das pessoas que passam diariamente pela cidade, os militares estão instruindo os comerciantes com ações preventivas. “São orientações de segurança para que a gente os ajude, mas também para termos uma maior proximidade com eles”, afirma.

Parceria

Há 12 anos vendendo livros no centro de Taguatinga, Adriano Brandão, 34 anos, diz que a relação próxima com os policiais militares é fundamental para aumentar a sensação de segurança. “A maioria dos policiais já me conhece. Eles estão sempre por aqui. Temos até uma certa intimidade pelo convívio diário”, comenta.

Fátimo Moraes, 56 anos, aposta nas medidas da corporação para diminuir cada vez mais a criminalidade, principalmente à noite, quando os comércios estão fechados. “Infelizmente, os roubos acontecem. Se essas ações continuarem, situações desagradáveis poderão ser evitadas”, diz o funcionário de uma pastelaria.

Tecnologia e integração

O Secretário de Segurança Pública, Anderson Torres, reforça que, com base em dados e estudos produzidos pelos setores de estatística e de inteligência da pasta, é possível saber dia, hora e local em que cada crime mais acontece. “Dessa forma, as forças de segurança podem atuar de forma mais precisa e eficiente nas regiões”, ressalta.

“Aos fins de semana, Taguatinga recebe reforço da operação integrada Quinto Mandamento, que tem como objetivo agir, nos pontos críticos, na prevenção e enfrentamento de crimes que estão relacionados aos homicídios, como o tráfico de drogas e o porte ilegal de arma de fogo”, relembra Torres.

Segundo o administrador da região Bispo Renato Andrade, a integração entre os órgãos do governo local também é fundamental para diminuir a criminalidade em Taguatinga . “Assim que assumi a gestão, me reuni com várias pastas para pensar em ações para a cidade. Além das forças de segurança, contamos com o apoio do DF Legal. Essa parceria tem dado cada vez mais certo”, informa.

POR ANA LUIZA VINHOTE, DA AGÊNCIA BRASÍLIA I EDIÇÃO: CAROLINA JARDON

Nenhum comentário