HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin
GIF-300-MEGA

Últimas notícias

latest
Continua abaixo do anúncio
Butique-das-utilidades

Bolsonaro e Ibaneis Rocha pré-agendam volta às aulas de escolas cívico-militares, colégios da PMDF e Bombeiros-DF

O presidente Jair Bolsonaro acabou de anunciar que há entendimentos com o governador Ibaneis Rocha no sentido de abrir as escolas, na próx...

O presidente Jair Bolsonaro acabou de anunciar que há entendimentos com o governador Ibaneis Rocha no sentido de abrir as escolas, na próxima segunda-feira (27) no processo de reativar as atividades, encerrando paulatinamente a quarentena.

Ao retornar ao Palácio da Alvorada, no final da tarde desta segunda-feira (20), o presidente informou que em contato com Ibaneis Rocha, ficou pré-acordado a abertura do Colégio Militar e dos Bombeiros, escolas cívico-militares da parte do GDF e do presidente o colégio militar a partir da próxima segunda-feira (27).

“Estive agora como governador Ibaneis. Conversamos da possibilidade de abrirmos aqui da minha parte o Colégio Militar e da parte dele os colégios da PM e dos Bombeiros, bem como das escolas cívico-militares a partir da segunda-feira. Esse, talvez, seja o primeiro gesto para nós aqui voltarmos à normalidade no tocante a estudo aqui no Brasil”, destacou o presidente.

Ele disse afirmou que não está batido o martelo, mas o entendimento é que a volta às aulas deverão ocorrer.

Bolsonaro afirmou vai conversar com o ministro da Justiça, Sergio Moro, sobre apossibilidade de abrir a Academia da Polícia Federal, a partir de segunda-feira também, no Distrito Federal. “Moro está viajando, por isso não pude conversar com ele”, disse.

“Os pais estão com medo ainda, então é natural, gradual tem que voltar a normalidade”, destacou.

O presidente demonstrou curiosidade pelo modelo adotado pelo governo do DF, que prevê a partir de maio o retorno gradual das atividades comerciais.

Ele perguntou ao governador Ibaneis sobre o controle da curva de crescimento da doença no território brasiliense e os protocolos adotados na capital do país.

Ibaneis explicou que o DF agiu de forma rápida, adotando medidas semelhantes às de outros países que conseguiram controlar a pandemia, mantendo o número de casos sob controle.

Entre as ações tomadas, estão o fechamento das escolas e do comércio, além do incentivo ao distanciamento social.

A partir desta terça-feira (21/04), o DF também passa a fazer testagem em massa da população. A intenção é fazer 450 mil exames até maio.

Questionado se depois da conversa com Ibaneis Rocha ele pretende contactar demais governadores, ele afirmou que se se concretizar a abertura das escolas, para ele, os outros chefes de executivo irão se motivar para abrir colégios militares e cívico-militares.

Quanto a uma pergunta sobre o número de mortes relativos ao coronavírus, ele respondeu que ele não era “coveiro” para responder essa pergunta.

Bolsonaro se reuniu com o ministro da Saúde, Nelson Teich, e informou que ele estuda novos nomes para compor a pasta e que ele só falará à imprensa depois de conhecer os números relativos ao novo coronavírus. E qual será a política quanto á flexibilização ao não da quarentena.

Fonte: Tudo Ok Notícias.

Nenhum comentário