Continua abaixo do anúncio.
Estrada do Jóquei, que liga via Estrutural à EPTG, será interditado por 20 dias. - Estrutural On Line

Últimas notícias

Galeria Estrutural on line

17 de set. de 2019

Estrada do Jóquei, que liga via Estrutural à EPTG, será interditado por 20 dias.

Bloqueio começa nesta quarta-feira (18). Fluxo no sentido EPTG/Estrutural será bloqueado para conclusão de obras.

A partir desta quarta-feira (18), o trânsito na DF-087 – também conhecida como Estrada do Jóquei – será interditado no sentido EPTG/ Estrutural. O Departamento de Estradas e Rodagem do Distrito Federal (DER/DF) vai bloquear 1,2 km da via, até o primeiro balão (rotatória).

A interdição deve durar 20 dias, até a finalização das obras de pavimento asfáltico.

Desvio

O trânsito no sentido EPTG/ Estrutural seguirá por um desvio com uma faixa de rolamento. Essa faixa será implantada entre a pista já existente e a ciclovia.

O DER orienta os motoristas para que durante os próximos 20 dias usem rotas alternativas e evitem a Estrada do Jóquei que, oficialmente se chama Estrada Parque Vale (EPVL).

Obras

O DER iniciou, no dia 23 de maio, a obra de restauração do asfalto da DF-087 – Estrada Parque Vale (EPVL). A obra compreende um trecho de aproximadamente 3 km.

O trabalho iniciado nesta quarta-feira é a última fase das obras previstas para durarem 120 dias.

O Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER/DF) iniciou, no dia 23 de maio deste ano, a obra de restauração do pavimento asfáltico da DF- 087 – Estrada Parque Vale (EPVL).
A obra compreende o trecho de aproximadamente 3 km de entroncamento entre a DF-095 – Estrada Parque Ceilândia (EPCL) e a DF-085 – Estrada Parque Taguatinga (EPTG). Prevista para ser concluída em 120 dias a partir da data de início, a obra chegou agora à sua fase final.

Para a execução desta última etapa, o DER/DF fará a interdição total de 1,2 km da via, no sentido EPTG / Estrutural, até o primeiro balão (rotatória), a partir da zero hora desta quarta-feira (18). A interdição está prevista para durar 20 dias corridos.

O trânsito neste sentido funcionará através da criação de um desvio com apenas uma faixa de rolamento que será implantada entre a pista já existente e a ciclovia. O DER/DF orienta aos motoristas que durante este período usem rotas alternativas e evitem a EPVL.

A restauração asfáltica na EPVL irá beneficiar em torno de 50 mil motoristas das cidades de Vicente Pires, Águas Claras, Guará, Taguatinga, Ceilândia e Estrutural que trafegam pela via diariamente. Nesta obra foram investidos R$6,2 milhões.

Um comentário:

  1. De 6,2 milhoes, quanto realmente foi aplicado na obra? creio que 2 milhoes, o restante esta no bolso de alguem.
    Ate agora nao vi a necessidade dessa obra que nao seja o desvio de dinheiro ou plano arquitetado de invadir a area onde ficam algumas chacaras e o joquei e impregnar brasilia com obras.

    ResponderExcluir