Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Dinheiro esquecido: Novo grupo pode solicitar quantia disponível

Pessoas nascidas entre 1968 e 1983 já podem saber os valores e solicitar transferência da quantia Um novo grupo de pessoas e empresas que po...

Pessoas nascidas entre 1968 e 1983 já podem saber os valores e solicitar transferência da quantia



Um novo grupo de pessoas e empresas que possuem valores esquecidos em bancos poderá consultar qual é a quantia disponível e solicitar a transferência do valor a partir desta segunda-feira (14). De acordo com o Banco Central (BC), quem nasceu entre os anos de 1968 e 1983, ou as empresas fundadas nesse período, já podem fazer a consulta e solicitação, respeitando o período estabelecido.

O interessado em saber detalhes da quantia e pedir a transferência deve entrar no site https://valoresareceber.bcb.gov.br/ e pedir o resgate na data informada pelo sistema na consulta anterior. Caso a pessoa ou empresa tenha uma quantia a receber, mas esqueceu a data, é possível entrar no sistema no dia da repescagem, marcado para o próximo sábado (19).

A estimativa do BC é que R$ 8 bilhões serão devolvidos para a população e empresas, sendo R$ 4 bilhões apenas nesta primeira fase, que termina ao fim do mês. A próxima fase está prevista para maio e incluirá novas situações de valores disponíveis. Para acessar o site do Valores a Receber, é preciso ter cadastro no sistema do governo federal Gov.Br.

CONFIRA COMO CONSULTAR O VALOR E SOLICITAR O RESGATE:

Primeiramente, o interessado deve acessar o site valoresareceber.bcb.gov.br na data e no período de saque informado na primeira consulta.

Na sequência, o usuário deve fazer login com a conta Gov.br (nível prata ou ouro). Se o cidadão ainda não tiver conta nesse nível, deve fazer logo o cadastro ou aumentar o nível de segurança (no caso de contas tipo bronze) no site ou no aplicativo Gov.br. Em seguida, o interessado deve ler e aceitar o termo de responsabilidade.

O próximo passo é verificar o valor a receber, a instituição que deve devolver o valor e a origem (tipo) do valor a receber. O sistema ainda poderá fornecer informações adicionais, já que a primeira etapa da consulta só informava a existência de valores a receber, sem dar detalhes.

Por fim, o beneficiário deve clicar na opção pela qual quer receber o valor:

– “Solicitar por aqui”: para devolução do valor via Pix em até 12 dias úteis. O usuário deverá escolher uma das chaves Pix e informar os dados pessoais e guardar o número de protocolo.

– “Solicitar via instituição”: a instituição financeira não oferece a devolução por Pix. O usuário deverá entrar em contato pelo telefone ou e-mail informado para combinar com a instituição a forma de retirada.

Por Paulo Moura - Pleno News

Nenhum comentário