Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Irmãos morrem após ingestão de soda cáustica por acidente

Menino de três anos morreu após confundir item com refrigerante, e a irmã se sentiu culpada por ter deixado o item sobre a mesa Dois irmãos,...

Menino de três anos morreu após confundir item com refrigerante, e a irmã se sentiu culpada por ter deixado o item sobre a mesa



Dois irmãos, de 13 e três anos, morreram após ingerir acidentalmente hidróxido de sódio, popularmente conhecido como soda cáustica, na cidade de Santo Amaro (BA).

Vizinhos relataram que o menino de três anos teria confundido a substância com refrigerante e bebido o conteúdo. Ao se sentir culpada por ter deixado o produto na mesa, a irmã adolescente também teria ingerido a soda.

Os dois foram levados para o hospital, para serem socorridos, mas não resistiram e morreram. No momento do incidente, os dois estavam sozinhos em casa. De acordo com o delegado de Santo Amaro, Rafael de Oliveira, a mãe das crianças teria comprado a substância para limpeza do vaso sanitário.

– Ela pediu para a menina colocar debaixo da pia, mas (a garota) colocou em cima da mesa. Então o menino teve acesso ao produto e começou a beber. A menina de 13 anos se sentiu culpada e também bebeu a substância. Acho que não aguentou o sofrimento do irmão. Ela também foi levada ao hospital e não sobreviveu – relatou o delegado.

O delegado ressaltou que a mãe será indiciada e que o inquérito vai apurar se houve ou não negligência por parte da responsável pelas crianças. Entretanto, ele destacou que, em casos como este, a mãe geralmente não é considerada culpada em razão de um princípio legal que entende que ela já foi penalizada com a morte dos filhos.

– Em casos como esse, em que o dano afeta o autor, como a perda de dois filhos, não se aplica a pena pelo crime, porque se entende que a mãe já foi penalizada com a morte dos filhos. Mas quem vai decidir é o juiz – completou.

Por Paulo Moura - Pleno News

Nenhum comentário