Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Homem acusado de pedofilia é morto a pedradas e tiros

Vítima sofreu emboscada e foi morta por grupo de homens Um homem de 52 anos acusado de pedofilia foi morto por populares a pedradas e tiros,...

Vítima sofreu emboscada e foi morta por grupo de homens


Um homem de 52 anos acusado de pedofilia foi morto por populares a pedradas e tiros, na noite desta segunda-feira (20) em Betim, em Minas Gerais. Ele estava sendo acusado de pedofilia por uma mulher. Ninguém foi preso até o momento.

De acordo com uma testemunha que era amiga do homem, ele recebeu o telefonema de uma mulher que o acusava de abusar sexualmente de menores de idade. Nesta segunda, tal mulher marcou um encontro com ele em um bairro da região.

Ainda segundo a testemunha, ela teria tentado convencê-lo de não ir ao encontro, mas não teve sucesso. A pedido do homem, ela o acompanhou.

Chegando ao local, cinco homens abordaram a vítima e iniciaram as agressões com pedradas. As pessoas ao redor gritavam: “Tem que matar, pedófilo tem que morrer”.

A amiga da vítima contou que, após as agressões, ligou para o SAMU, mas um dos agressores se aproximou e disparou várias vezes contra a cabeça da vítima.

Ela, então, foi levada para casa por uma das pessoas envolvidas na emboscada. Chegando lá, ela foi ameaçada para que não contasse a ninguém sobre o episódio; caso contrário, ela seria morta.

A equipe do SAMU constatou o óbito no local. O celular em que a vítima recebeu as ameaças foi apreendido. O carro do homem foi depredado.

A Delegacia de Plantão de Betim está à frente do caso.

Gabriela Doria - Pleno News

Nenhum comentário