Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

CLIMA DE TERROR! Movido pelo ódio, estudante mata seis pessoas a tiros em uma universidade na Rússia

Momentos antes da barbárie ele divulgou uma foto nas redes sociais posando com um rifle, capacete e munição Clima de pânico e aflição depois...

Momentos antes da barbárie ele divulgou uma foto nas redes sociais posando com um rifle, capacete e munição


Clima de pânico e aflição depois que pelo menos seis pessoas morreram durante um tiroteio registrado nesta segunda-feira (20), em um campus da Universidade Estadual de Perm, cerca de 1,3 mil km a leste de Moscou. As circunstâncias do fato ainda estão sendo investigadas. Portais de notícias internacionais têm feito relatos diferentes sobre o atirador, que foi identificado como um estudante.
 
“Um estudante que estava em um dos edifícios da universidade abriu fogo contra as pessoas ao seu redor. Em consequência, seis pessoas morreram e várias ficaram feridas”, informo um  comunicado emitido pela instituição mais importantes do país, que está à frente das investigações.
 
As motivações para o crime ainda não foram esclarecidas. De acordo com a AFP e a agência de notícias Reuters, o autor dos disparos foi detido e “ficou ferido durante a detenção ao opor resistência”.
 
Imagens divulgadas pelas redes sociais mostram o clima de desespero dos estudantes tentando fugir dos disparos, pulando pelas janelas do primeiro andar de um dos prédios do campus. Em outro vídeo, feita a partir de uma janela, mostra o suspeito vestido de preto e efetuando disparos  e seguindo em direção da entrada do prédio.
 
“Havia cerca de 60 pessoas na sala de aula. Fechamos a porta e a protegemos com cadeiras”, revelou o estudante Semyon Karyakin à agência Reuters.
 
Aflitos e tentando se proteger, um grupo de alunos montou barricadas com cadeiras para tentar impedir que o atirador pudesse entrar e fazer mais vítimas, contaram algumas testemunhas.
 
O atirador, que não teve a identidade revelada, é um estudante da própria universidade. O suspeito teria entrado no campus às 11 horas (3h horário de Brasília), segundo informações do serviço de comunicação da universidade.
 
Informações veiculadas pela imprensa local, informam que o atirador é uma jovem de 18 anos. Momentos antes da barbárie ele divulgou uma foto nas redes sociais posando com um rifle, capacete e munição.
 
“Eu pensei sobre isso por muito tempo. Já se passaram anos e percebi que havia chegado a hora de fazer o que eu sonho”, revelou o criminoso na sua rede social. A publicação foi retirada do ar momentos depois que foi confirmado o ataque no campus.
 
Segundo o próprio autor dos disparos, suas ações não tinham nenhuma relação  com política ou religião, mas foram motivadas pelo ódio.

Da redação Estrutural On-line

Nenhum comentário