Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Armazém dos móveis

Banner-armaz-m-dos-m-veis

Alanis Morissette revela ter sido vítima de estupro coletivo

Cantora faz revelações em novo documentário produzido pela HBO A cantora Alanis Morissette revelou que foi vítima de um estupro coletivo qua...

Cantora faz revelações em novo documentário produzido pela HBO


A cantora Alanis Morissette revelou que foi vítima de um estupro coletivo quando tinha apenas 15 anos. A revelação foi feita por ela durante o novo documentário Jagged, da HBO, que narra a carreira da artista canadense. O filme vai estrear no Festival Internacional de Cinema de Toronto (TIFF) esta semana.

– Levei anos em terapia para admitir que não houve qualquer tipo de vitimização da minha parte – disse a cantora.

Hoje com 47 anos, Alanis lembra que se culpou por um tempo pela violação feita por vários homens.

– Eu sempre me dizia que estava consentindo e, então, era lembrada [de] que: “Ei, você tinha 15 anos, você não estava consentindo aos 15.” Agora, eu fico tipo: “Oh, sim, eles são todos pedófilos. Foi estupro”.

A idade legal para consentimento sexual no Canadá é 16 anos. Morissette disse que não identificou nenhum de seus estupradores na época e, quando contava às pessoas, elas não davam importância, pois era um assunto com o qual ninguém estava disposto a lidar.

– Eu contei para algumas pessoas e meio que caiu em “ouvidos surdos”. Era um momento em que as pessoas saíam da sala – acrescentou a artista que enfatizou a importância da terapia ao longo de sua vida.

– Se eu não tivesse uma equipe inteira de terapeutas ao longo da minha vida, não acho que ainda estaria por aqui […] Você sabe que muitas pessoas dizem “por que aquela mulher esperou 30 anos para contar?” E eu não dou a mínima, porque a cultura, de um modo geral, é não escutar – declarou.

O documentário Jagged faz uma retrospectiva da vida e da carreira da cantora canadense, desde seus dias de menina prodígio do pop no Canadá até sua transformação em roqueira de Los Angeles (EUA).

Monique Mello - Pleno News

Nenhum comentário