Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Chefe da máfia Yakuza é condenado à morte pelo Tribunal de Fukuoka, no Japão

Logo após a condenação, os advogados de defesa de Satoru revelaram que vão recorrer da decisão Um dos mais cruéis mafiosos da temida organiz...

Logo após a condenação, os advogados de defesa de Satoru revelaram que vão recorrer da decisão


Um dos mais cruéis mafiosos da temida organização criminosa Yakuza, foi condenado à morte, nesta terça-feira (24), pelo tribunal da cidade de Fukuoka. Nomura Satoru, de 74 anos, é apontado como o responsável pelos ataques violentos a quatro pessoas e por ceifar a vida de uma das vítimas. Essa é a primeira vez que um membro veterano da Bōryokudan [暴力団], cujo significado é “Grupo de Violência”,  é condenado a morte.
 
De acordo com informações da BBC, apesar da corte japonesa não dispor de provas irrefutáveis de que Satoru foi o mandante dos atentados, o colegiado chegou a conclusão que os ataques não teriam acontecido sem a determinação do líder da  Yakuza, uma vez que ele tinha o comando absoluto da organização criminosa.
 
Logo após a condenação, os advogados de defesa de Satoru revelaram que vão recorrer da decisão.
 
“Pedi uma decisão justa… Você vai se arrepender disso pelo resto de sua vida”, desabafou Satoru ao juiz responsável pela condenação.
 
A Yakuza, também conhecida como gokudô, é uma organização criminosa que mesmo tendo atividades relacionadas a extorsão, lavagem de dinheiro, tráfico de drogas e contrabando de armas, ainda é muito conhecida por manter um rigoroso  código de conduta.
 
O Tribunal de Fukuoka julgou os ataques registrados entre 1998 e 2014. Na ocasião, uma enfermeira e um ex-policial estão entre as vítimas que foram brutalmente atacadas com tiros e facadas, porém conseguiram sobreviver ao  atentado. Um ex-chefe de uma cooperativa de pesca, não teve a mesma sorte e veio a óbito. As informações são da Reuters.

Da redação Estrutural On-line

Nenhum comentário