JOVEM DE 14 ANOS LEVA CINCO TIROS ENQUANTO TRABALHAVA EM LIXÃO RAPAZ FOI LEVADO PARA O HOSPITAL DE BASE CONSCIENTE - Estrutural On Line

Últimas notícias

Post Top Ad

Galeria Estrutural on line logo%2Bexalte%2Bao%2Bsenhor%2Bpara%2Bo%2Bblog

Post Top Ad

ESTRUTURAL - DF TEMPO AGORA

13 de mar de 2013

JOVEM DE 14 ANOS LEVA CINCO TIROS ENQUANTO TRABALHAVA EM LIXÃO RAPAZ FOI LEVADO PARA O HOSPITAL DE BASE CONSCIENTE


Delegado Flávio Messina, que investiga o caso

Garotos de 14 anos é atingido por 5 tiros no lixão da Estrutural, no DF

De acordo com testemunha, crime foi praticado por outros dois garotos.
Às 18h, menino passava por cirurgia; estado era considerado grave.

A Polícia Civil do Distrito Federal investiga uma tentativa de homicídio no lixão da Estrutural na tarde desta terça-feira (12). Um garoto de 14 anos, que trabalha como catador no local, levou cinco tiros por volta das 16h30. Inicialmente, a polícia havia informado que o menino tinha 13 anos.

Segundo uma das fiscais do lixão, o crime foi praticado por dois rapazes. A vítima passava por cirurgia no Hospital de Base por volta das 18h. De acordo com o hospital, o estado de saúde do garoto era considerado “muito grave”.

Até as 18h30, a família do garoto não havia sido localizada. Também havia dúvidas sobre o nome do menino.

O delegado Flávio Messina disse que o adolescente não tinha crachá – os trabalhadores do lixão são cadastrados, mas crianças e adolescentes estão proibidos de trabalhar lá. "O lixão é um problema. Não há controle sobre quem entra ou quem sai de lá."
Tudo muito rápido. Não houve discussão. Eles atiraram, a gente ouviu aquele monte de tiro seguido, e aí os dois saíram correndo. Aí a gente foi lá ver e o menino estava caído no chão""
Testemunha do crime

A fiscal que presenciou o crime disse não saber quem é a vítima. "Não conheço o menino, nem os dois que atiraram. É muita gente todos os dias, todos trabalhadores do lixão", disse. "O susto é muito grande. A gente nunca espera isso, né?"

Segundo ela, o garoto estava trabalhando quando os dois rapazes entraram e atiraram. "Tudo muito rápido. Não houve discussão. Eles atiraram, a gente ouviu aquele monte de tiro seguido, e aí os dois saíram correndo. Aí a gente foi lá ver e o menino estava caído no chão."

De acordo com a fiscal, o socorro demorou. "Ele estava consciente e ficou consciente até os bombeiros chegarem, o que demorou muito. Os outros catadores ficaram nervosos e a gente chegou a cogitar levar o menino a gente mesmo."


Menino queimado
No final de fevereiro, outro adolescente de 13 anos que espancado e incendiado na Estrutural. Segundo a Polícia Civil, o crime foi praticado por cinco adolescentes e teve motivação passional.

Cinco adolescentes, três meninas e dois meninos, foram apreendidos pela polícia e são apontados como responsáveis por atrair, espancar, amarrar e incendiar o menino.

O adolescente apontado como mentor do crime, um rapaz de 17, preparou a emboscada por vingança. O menino queimado teve, supostamente, um relacionamento com a namorada do rapaz. Ela nega qualquer envolvimento com a vítima.


G1.COM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade